NR-12: Máquina Segura é Assunto Sério

NR-12: Máquina Segura é Assunto Sério

A adequação de máquinas a nr12 é obrigatória e tem o objetivo principal de adequar máquinas e equipamentos as exigências da norma regulamentar NR12, emitida pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE).

Através da adoção de rigorosos princípios de segurança, a adequação de máquinas a nr12 evita que os operadores de máquinas e equipamentos percam um ou mais dedos, mãos ou outros membros na operação de máquinas que ofereçam esse tipo de risco.

A adequação de máquinas a nr12 e as categorias de segurança

O entendimento da análise de risco e das categorias de segurança é muito importante para a condução correta da adequação de máquinas a nr12, neste artigo iremos apresentar um resumo baseado na EN ISO 13849-1 sobre as categorias de segurança, onde os fundamentos da EN 954-1 (em desuso) continuam sendo parte integrante. Vamos lá!

Categoria B

Na categoria B, são aplicados apenas os princípios básicos de segurança, sendo assim, peças que estejam relacionadas com a segurança dos sistemas de controle da máquina, bem como seus equipamentos de proteção/componentes, devem ser projetadas, construídas, selecionadas, montadas e combinadas de acordo com as normas pertinentes, para que possam aplicar os princípios básicos de segurança.

Na Categoria B, quando uma falha ocorrer, pode haver perda da função de segurança.

Categoria 1

Na categoria 1, basicamente são aplicadas as exigências da categoria B em conjunto com a utilização de componentes de segurança bem experimentados.

Na categoria 1 existe maior confiabilidade com a função de segurança e menor probabilidade de uma falha.

Categoria 2

Na categoria 2, todos os princípios de segurança das categorias anteriores foram aplicados e periodicamente a função de segurança deve ser verificada na partida da máquina pelo sistema de controle.

Se uma falha for detectada, uma situação de segurança deve ser iniciada ou pelo menos uma advertência deve ser dada.

A EN ISO 13849-1 entende que a taxa de ensaio é pelo menos 100 vezes mais frequente que a taxa de demanda, sendo assim, a ocorrência de uma falha pode levar à perda da função de segurança entre os intervalos de controle.

Categoria 3

Na categoria de segurança 3, todas as exigências das categorias anteriores devem ser aplicadas. O sistema deve ser projetado para que uma única falha não leve à perda da função de segurança.
Nesta categoria, quando uma única falha ocorre, a função de segurança é sempre executada, entretanto, nem todas as falhas serão detectadas, por este motivo, um acúmulo de falhas não detectadas podem levar um equipamento com categoria 3 à perda da função de segurança.

Categoria 4

Na categoria 4, o equipamento deve ser projetado para que uma única falha em qualquer de suas peças não leve à perda da função de segurança. Nesta categoria, quando uma falha ocorre, a função de segurança é sempre executada e o acúmulo de falhas não deve permitir a perda da função de segurança.

Além dos sensores mais inovadores e confiáveis do mercado, a Sensor do Brasil é referência em adequação de máquinas a nr12, desde as primeiras iniciativas de lançamento do PPRPS e posteriormente da NR12, a Sensor do Brasil sempre teve papel de destaque ao selecionar, testar e trazer para o Brasil os equipamentos de segurança industrial mais inovadores e tecnológicos do mundo para a adequação de máquinas a nr12 com sucesso.

Entre em contato com a Sensor do Brasil e compre os melhores produtos para adequação de máquinas a nr12 hoje mesmo.

Um comentário em “NR-12: Máquina Segura é Assunto Sério

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s